Arquivo da tag: CataVida

Anunciado novos investimentos para o CataVida

Os mais de 200 catadores participantes do projeto CataVida, desenvolvido pela Secretaria de Desenvolvimento Social, SDS, puderam comemorar mais uma conquista na manhã de sexta-feira, 12 de agosto. Isso porque a administração pública firmou duas novas parcerias que beneficiarão os trabalhadores que participam da gestão do lixo do município.

Durante um café da manhã, servido na Central de Catadores Unidade Centro, foi oficializada uma parceria com a Cooperativa de Construção Civil e Limpeza Urbana, Coolabore, em que a instituição passará a fazer a gestão dos trabalhos junto aos catadores. Com isso, Novo Hamburgo poderá implantar de forma imediata a coleta seletiva na área central da cidade. Na oportunidade, a Fundação Banco do Brasil também fechou um contrato com o poder público para beneficiar o CataVida. Esta formalização destinará ao projeto R$ 320 mil, que viabilizará a aquisição de um novo conjunto de equipamentos para o trabalho.

“É emocionante ver estes trabalhadores conquistando seu espaço na comunidade, pois estes mesmos catadores eram rejeitados pelo poder público há pouco menos de três anos. Hoje esta realidade mudou. Eles conquistaram seu espaço e prestam um serviço essencial para o município e para o meio ambiente”, declarou o vereador Alex.

O superintendente regional do Banco do Brasil, Carlos Lopes Correia, parabenizou o projeto e explicou o motivo pelo qual a Fundação se propôs a destinar recursos para a iniciativa. “É uma honra fazer parte de um projeto que, além de se preocupar com o meio ambiente, é preocupado com a dignidade dos catadores de lixo”, destacou. A secretária da SDS, Jurema Guterres, também destacou a iniciativa. “O nosso maior desejo está a cada dia se tornando realidade, que é tornar o trabalho de cada um de vocês digno, como qualquer outro”.

Pensando em melhorar a vida dos trabalhadores, o prefeito hamburguense, Tarcísio Zimmermann, pensa na implantação dos carrinhos elétricos para a catação. “Eu quero buscar ainda mais parcerias para conseguir melhorar o trabalho daqueles que catam nas ruas, para que deixem de lado os cavalos ou os carrinhos manuais e usem os elétricos”, contou.


Fonte: Agência de Notícias Novo Hamburgo

Amanhã, vote nos projetos para Novo Hamburgo

O Governo do Estado realiza o  processo Estadual de Participação Cidadã nesta quarta feira 10.  Esta é uma importante ferramenta  utilizada pelo povo  através do voto direto.  É fundamental para definir as prioridades em que o orçamento estadual será investido. Para Novo Hamburgo há seis propostas e um valor total de R$ 12,9 milhões. Porém, a distribuição da verba é proporcional ao número de votos que cada município rebece, ou seja, quanto mais pessoas votarem, mais será investido em Novo Hamburgo.

Alex está nas ruas explicando à população a importância desta eleição. Esta manhã, dia 9 de agosto, ele esteve em frente a empresa Beira Rio, em Canudos, para reunir mais eleitores para o Sistema Estadual de Participação Cidadã e a demanda 16.

A votação acontece amanhã, 10 de agosto, em diversos pontos da cidade, como: Prefeitura, escolas, Postos de Saúde, Cras, Uras, Telecentros, AME, SINE, Hospital Municipal, Centro de Cultura, Feevale, ACI/NH e outros. Não há desculpa para não votar! Amanhã procure o ponto mais próximo a sua casa e garanta novos investimentos para Novo Hamburgo!

Cada pessoa pode votar em quatro demandas, entre estas seis:

1. RS Tecnópole – Apoio a polo tecnológico, recursos para implantar o Centro de Inovação e Tecnologia, CIT.

3. Transporte – Manter e ampliar o acesso asfáltico municipal – Obras da rua Rincão.

7. Educação – Recuperação, ampliação e qualificação da infraestrutura física e modernização tecnológica das escolas estaduais.

9. Saúde – Gestão, financiamento e infraestrutura do SUS. Equipamentos para a UPA Centro.

12. Habitação – Regularização fundiária cidadã e desenvolvimento urbano.

16. Desenvolvimento Social – Erradicação da pobreza extrema – Construção e equipamentos para galpão de reciclagem, no Kephas.

Para votar basta ter mais de 16 anos e levar carteira de identidade ou título de eleitor. Será possível também votar pela internet pela site http://www.participa.rs.gov.br. Para esta opção é preciso saber o número dos dois documentos citados anteriormente.

CataVida faz campanha pela proposta 16

O diretor da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Tecnologia, Trabalho e Turismo, SEDETUR, Ênio Brizola, a assistente social e ccordenadora do  projeto CataVida, Vera Rambo e o vereador Alex Rönnau estiveram na Escola Estadual Engenheiro Ignácio Christiano Plangg para apresentar o CataVida e pleitear votos para a demanda 16. Esta demanda é pela construção de um novo galpão de reciclagem no município, no bairro Kephas e auxiliará os catadores de resíduos sólidos e ampliará este projeto.

O CataVida é um projeto da Secretaria de Desenvolvimento Social, SDS, de capacitação dos catadores de lixo hamburguenses.

Alex prestigia a formatura do CataVida

No sábado, 18 de junho, ocorreu formatura da segunda turma de catadores do projeto e inauguração da Central de Catadores Unidade Centro. Durante a cerimônia em que 112 catadores se formaram, também foi lançada uma campanha de conscientização sobre a separação do lixo. “Hoje é um dia histórico. É um marco para Novo Hamburgo conseguir uma central de reciclagem, com catadores capacitados bem no Centro do município”, destacou o prefeito Tarcísio Zimmermann.

O vereador Alex Rönnau esteve presente no evento e destaca a importância desta profissão. “O lixo pode e deve ser reaproveitado. Essas pessoas fazem coisas maravilhosas com embalagens triviais, que o resto da população nem imagina que pode virar artesanato. O que é considerado lixo para alguns, vira objeto útil novamente”, coloca.

Alunos do CataVida conhecem novo espaço de trabalho

Uma grande conquista. É dessa forma que os alunos da segunda turma do curso de capacitação do Projeto CataVida, desenvolvido pela Secretaria de Desenvolvimento Social, SDS, veem a criação da Central de Catadores Unidade Centro. Por isso, durante os dias que antecederam a inauguração do local, os 120 formandos do CataVida conheceram e decoraram o prédio que vai servir como espaço de trabalho de muitos catadores.

A catadora Eliane Ferreira e a filha Brenda pintam o local que servirá de trabalho para os catadores.

“Essa atividade foi feita para que eles conheçam e comecem a sentir o espaço como um local feito para eles”, afirmou a Coordenadora Pedagógica do projeto, Maria Suziane Gutbier. Durante as tardes, as turmas de alunos pintaram as suas mãos nas paredes do local, o que para o aluno Arlindo da Silveira, de 65 anos, tem um significado especial. “Para mim, a mão na parede é uma maneira de mostrar que a gente tem garra e força de vontade, porque procuramos um curso para ajudar a gente a trabalhar melhor”, declarou. Além de estar feliz com o novo local de trabalho, a catadora Eliane Ferreira, de 36 anos, e a filha Brenda, de 6, que acompanhou todas as atividades do projeto, tem outros motivos para sorrir. “Fazer um curso, me formar, estudar e conseguir melhorar o meu trabalho é maravilhoso. E esses cursos existirem é um reconhecimento da nossa profissão”, contou.

Formatura e inauguração ocorrem no sábado
A data tão esperada pelos catadores em processo de formação já está agendada. No sábado, dia 18 de junho, às 9 horas, na Central de Catadores Unidade Centro (Rua Visconde de Taunay, 441, bairro Rio Branco), ocorre a formatura da segunda turma de catadores do projeto CataVida. Além disso, nesse mesmo dia, ocorrerá também a inauguração da Central e será lançada uma campanha de conscientização sobre a separação do lixo. “Será um dia para a história dos catadores de Novo Hamburgo. A campanha será muito importante porque se cada um separar o lixo na sua casa, facilita muito o trabalho deles nas centrais de trabalho”, explica a Gerente de Renda da SDS, Vera Rambo.

A nova Central de Catadores Unidade Centro será inaugurada dia 18 de junho.

 

Novo Hamburgo terá Desenvolvimento Regional Sustentável da Reciclagem

Uma parceria entre a Prefeitura de Novo Hamburgo, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Social, Banco do Brasil e os catadores do projeto CataVida, vai colocar o município na estratégia de Desenvolvimento Regional Sustentável da Reciclagem. Esse foi o resultado da reunião que ocorreu segunda-feira, 9 de maio, na SDS, com representantes das duas instituições. Por essa iniciativa, o CataVida vai ter mais facilidades na busca de recursos para o financiamento de suas atividades junto ao Banco do Brasil e ao Banco Nacional do Desenvolvimento, BNDES.

O objetivo do encontro foi apresentar ao Banco do Brasil o projeto CataVida, que trabalha com a capacitação e a melhoria das formas de trabalho dos catadores em Novo Hamburgo. A gerente de Renda e Cidadania da SDS, Vera Rambo, explicou a importância das parcerias em projetos de desenvolvimento social. “O CataVida vem se viabilizando apenas por conta das parcerias, que neste sentido, são muito importantes para o andamento dos trabalhos com os catadores”.

A secretária de Desenvolvimento Social, Jurema Guterres, salientou que essa iniciativa traz conhecimento para todos os envolvidos. “Tem sido um longo aprendizado para os catadores e ao mesmo tempo para a nossa população, que está aprendendo com os conhecimentos dos catadores”. O DRS é uma estratégia, desenvolvida pelo Banco do Brasil que impulsiona e auxilia o desenvolvimento sustentável das regiões, apoiando atividades produtivas com ganho para todos. Atualmente, Novo Hamburgo já faz parte da iniciativa através do artesanato.