Arquivo da tag: CPPD

Biblioteca Pública recebe novo livro em braile

Agora os deficientes visuais de Novo Hamburgo já podem consultar o material que traz o conteúdo da Convenção Internacional dos Direitos da Pessoa com Deficiência em braile. Neste documento estão disponíveis informações pertinentes quanto a legislação e aos direitos de pessoas com deficiência.

Na tarde de segunda-feira, 29 de agosto, o presidente da Associação dos Deficientes Visuais de Novo Hamburgo, ADEVIS-NH, entregou o exemplar para o acervo da Biblioteca Municipal Machado de Assis. Na ocasião, estiveram presentes ainda a secretária de Cultura, Anita Lucas de Oliveira, o titular da Coordenadoria de Políticas Públicas para Pessoas com Deficiência, CPPD, Darwin Kremer, e a bibliotecária Maria Denise Konarsewski.

Além desse material, a secretária de Cultura ressaltou que também estão disponíveis para consulta outros exemplares em braile. “Temos a Legislação Municipal, livros de história infantil, além de inúmeros exemplares em áudio”, explica.

O coordenador da CPPD ressalta que Novo Hamburgo possui um grande número de deficientes visuais. “Entre as crianças, somente na rede municipal temos quatro crianças cegas e 40 com baixa visão”, citou. Mais informações sobre como consultar ou retirar o material podem ser adquiridas pelo telefone (51) 3582-8305.

Anúncios

ADEFI promove Mostra de Arte na Prefeitura

O vereador Alex Rönnau convida toda a comunidade a prestigiar a Mostra de Arte da Associação dos Deficientes Físicos de Novo Hamburgo, ADEFI, no saguão do 2° andar do Centro Administrativo Leopoldo Petry.

A Mostra ficará disponível no local entre os dias 4 e 6 de julho, de segunda a quarta-feira da semana que vem. Durante a exposição serão comercializados e expostos produtos desenvolvidos pelos integrantes da entidade, como artesanato, quadros, pinturas em tecidos, trabalhos em madeira e metalúrgica.

Segundo o coordenador da Coordenadoria de Políticas Públicas para as Pessoas com Deficiência, CPPD, Darwin Kremer, – responsável pela Mostra –, a associação pretende divulgar e mostrar os trabalhos realizados pelas pessoas com deficiência do Município, ajudando sua aproximação da comunidade.

Inclusão: um direito de todos

Ampliar as possibilidades de inclusão social em Novo Hamburgo e possibilitar que deficientes visuais freqüentem restaurantes sem precisar de um acompanhamento para ler o cardápio. Com esta finalidade, a Coordenadoria de Políticas Públicas para as Pessoas com Deficiência da prefeitura hamburguense (CPPD), o Sindicato de Gastronomia e Hotelaria e a Associação dos Deficientes Visuais de Novo Hamburgo (ADEVIS), realizam o lançamento de dois cardápios em braile de restaurantes da cidade.
A atividade ocorre na terça-feira, 12 de abril, no estande da Prefeitura na FIMEC, que está localizado no Pavilhão 3 da Fenac, a partir das 16h30.

Indicação
O vereador Alex Rönnau comemora a indicação feita ainda no primeiro ano de seu mandato, em 2009, a inclusão de cardápios em braile em restaurantes, bares, hotéis, motéis e similares em NH.
“O primeiro passo foi dado, mas queremos ir adiante. Estamos encaminhando um projeto de lei que torna obrigatória a apresentação de cardápio em braile, além de bares e restaurantes, também nos hotéis e motéis do município”, declara o vereador.

São fechadas parcerias a favor das pessoas com deficiência

Alex Rönnau se reuniu nesta manhã de quinta-feira, 7, com o prefeito de Novo Hamburgo, Tarcísio Zimmermann, com o diretor presidente da Fundação de Atendimento ao Deficiente e Superdotado (FADERS), Cláudio Silva, com o coordenador de Políticas Públicas para Pessoas com Deficiência do município (CPPD), Darwin Kremer, o presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa com Decifiência, Ricardo Seewald e representantes de diversas entidades que lutam pelos direitos das pessoas com deficiência.
A ocasião serviu para abrir debate entre os poderes municipal e estadual sobre a questão de políticas públicas para pessoas com deficiência e a arrecadação de fundos para este fim. Ainda hoje são insuficientes as regulamentações sobre o assunto, não apenas no município, mas também em âmbito nacional, segundo Cláudio Silva.

Sede própria

Na mesma oportunidade, Alex também pôde avançar as discussões sobre uma sede própria em que possa funcionar as entidades Associação dos Deficientes Visuais de Novo Hamburgo (ADEVIS), Associação de Familiares e Amigos do Down (AFAD) e Associação dos Lesados Modulares (LEME).